05 setembro 2016

Resenha #05: Belleville - Felipe Colbert

BellevilleTítulo: Belleville
Autor (a): Felipe Colbert
Editora: Novo Conceito

Avaliação: ♥♥♥♥
Onde comprar: Saraiva | Submarino | Americanas | ShopFácil

Sinopse: 
Se pudesse, Lucius aterrissaria em 1964 para ajudar Anabelle a realizar o grande sonho do seu falecido pai! De quebra, ajudaria a moça a enfrentar alguns problemas muito difíceis, entre eles resistir à violência do seu tio Lino. Claro que conhecer de perto os lindos olhos verdes que ele viu no retrato não seria nenhum sacrifício...
Sem conseguir explicar o que está acontecendo, Lucius inicia uma intensa troca de correspondência com a antiga moradora da casa para onde se mudou. Uma relação que começa com desconfiança, passa pelo carinho e evolui para uma irresistível paixão – e para um pedido de socorro...




Resenha crítica: 

Primeiras considerações: Olá meninas e meninos, cá estou eu com mais uma resenha imperdível, li esse livro recentemente e precisava compartilhar a minha experiência com essa leitura, tentei gravar em vídeo e até ficou bacana o vídeo se não fosse pela memória acabar e a gravação cortar no meio e eu falando sozinha aos ventos! Mas não vai faltar vídeos, bom a primeira consideração inicial dessa resenha é sobre os núcleos do livro! Temos dois núcleos a história é narrada pelos dois personagens de peso: Lucius e Anabelle.

Lucius é um jovem que está iniciando sua vida acadêmica de Matemática no ano de 2014, ele se muda da casa de seu pai para a cidade de Campos de Jordão e aluga um casarão abandonado com móveis de 50 anos atrás, Lucius não faz o tipo galã de história, ele é um jovem solitório que na maior parte da trama se encontra perdido em seus próprios anseios e pensamentos de como enfrentar o futuro, orfão de mãe e filho de um pai super protetor sem amigos nenhum somos apresentado a um jovem excelente na área de exatas e nos deparamos com situaçõs clichê em sua nova vida acadêmica, nessa casa ele encontra uma fotografia antiga de uma bela jovem e decide investigar mais até descubrir quem era a bela moça.

Anabelle é o outro núcleo desta história, a história dela é narrada a 50 anos atrás no ano de 1964, uma bela jovem com uma história sofrida, essa é a Anabelle, orfã de pai e mãe seu unico companheiro é um gato preto chamado Tião, desesperada por sua reserva de dinheiro deixada pelo pai antes de morrer estar acabando vemos a busca constante da Anabelle em sobreviver. 

A história de ambos se cruzam quando Lucius decide conhecer mais a respeito daquela bela moça, ele encontra o que seria uma construção de uma montanha russa incompleta chamada de Belleville, próximo a construção ele encontra uma carta da jovem que conta sua história trágica, o desejo de seu pai era construir uma montanha russa para a filha esse foi o seu último desejo antes de morrer de tuberculose. Sensibilizado com a história de Anabelle ele escreve uma nova carta, um pouco irônico redirecionando a carta ao "próximo morador" pedindo que ajude a realizar este sonho antigo. O que não agradou muito Anabelle quando encontra a nova carta deixa na caixa junto com a primeira carta o que não a agradou muito e nisso eles começam a trocar carta entre si com certo medo e receio.

A diferença de tempo entre eles é de 50 anos enquanto Lucius está no ano de 2014, Anabelle se encontra em 1964, ambos morando na mesma casa, toda a comunicação entre eles é feito por cartas, até certo ponto a leitura é bem leve, um pouco densa mas flui naturalmente, a tensão começa a acontecer do meio do livro que é quando temos a entrada do tio da Anabelle, o tio Lino que não é nada interessante e nisso os dois devem lutar contra o tempo para que seja finalizado a construção de Belleville e que o future de Anabelle mude. 



Personagens secundários: Apesar do livro ser focado estritamente entre Lucius e Anabelle temos outros personagens bons e ruins que tiveram sua participação e destaque na construção do tema, entre eles o Professor Miranda que é o profoessor de física da faculdade de Lucius, por coincidência esse professor não é o professor dele, Ezequiel o mecânico que consegue concertar tudo inclusive a vespa abandonada, Tio Lino que particularmente odiei esse personagem mas que foi importante no desenrolar e claro não poderia deixar de lado alguns "colegas" de faculdade do Lucius. 

Considerações finais: Temos uma leitura bem agradável, é incrivel como o Felipe conseguiu conduzir essa diferença entre o tempo sem ficar estranho e em boa sintonia a conexão única entre os dois, todo o texto é narrado em primeira pessoa do singular pelos dois personagens, na maior parte dos capítulos temos a troca de cartas escritas a mão entre os personagens, e não poderia deixar de recomendar esta leitura, se tivesse uma continuação eu leria sem dúvidas!



ME ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS:

22 comentários:

  1. Não conhecia esse livro mas de cara já achei lindo.
    A história parece ser super envolvente, pela sua resenha, me parece que é um estilo que eu iria gostar. Adorei a dica e já está anotado aqui na lista :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Parece ser um ótimo livro Thais!

    Beijos lindona!
    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
  3. O livro já me conquistou de cara, achei lindo! Suas resenhas são sempre muito bem feitas. =)

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Thais!

    Já tinha lido resenhas positivas do livro, parece ser bem bacana esse toque de ficção. Muito bom saber que o autor conduziu bem a história. Gostei da dica!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Da a impressão de ser uma leitura bem tranquila, gostei da premissa. sua resenha ficou ótima flor beijos

    Taynara Mello | Indicar Livros
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
  6. Bom saber que o autor consegue nos guiar e trabalhar essa diferença de forma incrível.
    Eu ainda não li, tenho aqui, mas não estava disposta a ler.

    http://www.revelandosentimentos.com.br - Lançamento da Arqueiro a escolha do vencedor no Top Comentarista de Setembro. Participe e escolha seu livro!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Thaís! Tudo bem?
    Achei bem interessante essa premissa do livro. Me lembrou daquele filme, A Casa do Lago, que duas pessoas conversam por cartas em épocas diferentes. Achei bem legal essa ideia do autor.
    Gostei bastante da resenha! Parabéns.
    Abraços!

    -Ricardo, Blog Lapso de Leitura

    ResponderExcluir
  8. Oi,
    Amei sua forma de organização para fazer as resenhas, ficou incrivel!

    Lua do Meu Mundo da Lua
    FanPage (se inscreva no blog, te esperamos por lá)

    ResponderExcluir
  9. Olá, Thais.
    Dizem ser esse o melhor livro do autor. Eu já li dois outros livros dele e gostei bastante. Mas esse eu preciso ler, ainda mais com uma premissa assim. Tinha um filme que era com um enredo parecido com esse que eu amava hehe. Assim que der eu vou ler.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Oiii Thais! Ainda não conhecia o livro, mas agora fiquei encantada! Sua resenha ficou ótima e esse enredo atemporal é maravilhoso. Agora fiquei curiosa para saber o final kkk Eii seu blog é muito lindo e fofo *-* já estou seguindo para não perder nada.

    ***Beijokas -Hellen Barros.

    Apenas Giz

    ResponderExcluir
  11. Oi, Thais!
    Eu não conhecia o livro e pela sinopse nem dei muito por ele. Mas sua resenha me ganhou! Gosto dessas brincadeiras com o tempo, me lembrou um pouco o filme "A casa do lago".

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem? Indiquei você em um prêmio lá no blog. Espero que goste =)

    ✯ Instagram ✯♮​✯ Blog Eu Sendo Assim ✯✯ Fan Page ✯

    ResponderExcluir
  13. Socorro!! Amo livros assim sobre o tempo e só em saber que esse também é já estou aqui procurando na internet! Muito bom!

    xox
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  14. Parece ser uma leitura fascinante. Gostei da dica.
    Bjo!
    http://www.cristadelicada.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Não conhecia esse livro... Mas sua resenha me deixou bastante curiosa!
    Já ganhou uma seguidora, amei tudo aqui!!!
    Sucesso.
    Tenho um blog de estética, se quiser visitar
    http://www.esteticando-se.com

    ResponderExcluir
  16. Menina , to confusa, vou ter que ler o livro... na verdade fiquei foi curiosa sabe rsrsrsrsr, seu blog é incrível ... ja estou seguindo beijoooo

    carolaireslima.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Conhecia já o livro e acho a premissa bem singular, o que agrada-me demais. Gosto de livros que fogem do comum.
    Bom saber que o autor consegue fazer essa comunicação entre períodos bem distantes, sem parecer forçado ou estranho.
    Ótima dica.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de setembro. Serão três vencedores, cada um ganhando dois livros.

    ResponderExcluir
  18. Oie Thais =)

    Lembro que na época do lançamento esse livro recebeu boa criticas, mas infelizmente a premissa dele não me chama a atenção.

    Quem sabe em outro momento eu me anime e acaba dando uma chance para a história. Afinal, com tantos comentários positivos ela deve valer a pena.

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  19. Oi, Thaís!
    Eu não curti este livro, acredita? Li-o há certo tempo e lembro-me que, na época, não me agradou nem um pouco. Achei os protagonistas chatos e a história não me convenceu em momento algum, sem falar que a narrativa foi bem exaustiva, a meu ver.
    Mas fico contente que tenha gostado e aproveitado a leitura bem mais que eu.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Oie,
    li este livro assim que lançou e gostei bastante, mesmo ele me parecendo quase que uma cópia de 'A casa do Lago'

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  21. Li tantas críticas boas quanto ruins... medo de comprar e me arrepender!

    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi Thaís,
    Acho a capa desse livro tão linda!
    O enredo me lembra aquele filme A Casa do Lago HAHA que amo *.*
    Fiquei aqui super curiosa com o final, né? Adorei sua resenha.
    Desculpa a demora para te responder, viu? Já estou seguindo aqui.

    P.S.: Meu problema com História na escola era justamente o que você disse de ser uma disciplina extensa. Depois que mudei de professor e ele deixava ser consulta, as notas eram lindas HAHAHAHA
    Adoro romances históricos e séries de tv também ♥

    tenha uma ótima terça :*
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir

© Caprichadissimas 2014 - 2016. Todos os direitos reservados | Tecnologia do blogger | Feito por: Thay Rodrigues ♥